sexta-feira, 28 de julho de 2017

terça-feira, 25 de julho de 2017

MINHA COLABORAÇÃO COM O MUNDO



espero que algum dia
reconheçam que colaborei com o mundo
ao deixar essas palavras
espero que estas palavras não estejam
em algum papel que esteja embrulhando alguma coisa
e que por ser de papel possibilite a reciclagem
espero que o papel esteja preso
em algum dispositivo parecido com um livro
e que seja possível por algum momento
uma leitura mesmo em voz baixa
ou quem sabe com alguma sorte
uma leitura em voz alta
que provoque alguma emoção em algum passante
ou no leitor que por pura curiosidade e
absoluta falta do que fazer
consiga entender o que as palavras dispostas dizem
e possibilite a leitura
espero que a minha colaboração
ao redigir essas palavras
ultrapassem o meu ridículo desejo
de colaborar com o mundo
ao escrever essas palavras
e que elas signifiquem que alguém
esteve aqui preocupado em colaborar com o mundo
de alguma maneira
embora escrever não seja a maneira mais adequada


SOBRE O SILÊNCIO



O problema não é o ser humano. O problema é a palavra. Se conseguirmos utilizar a palavra correta, evitaremos, com isso, possíveis interpretações equivocadas. E mesmo quando utilizamos a palavra correta, o ser humano ainda a interpreta de modo equivocado. Então o problema não é a palavra, o problema é o ser humano. A melhor maneira de evitar esses equívocos, é não utilizar a palavra correta, nem a palavra equivocada, noutras palavras, devemos evitar as palavras e, consequentemente, evitar o ser humano.