segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

JANELAS FECHADAS

a poesia funciona
como janelas
quem passa lá fora
não as enxerga
escuta o barulho das palavras
que não necessitam de alfabeto

Nenhum comentário: