segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

FUMAÇA CORRENTE

de alguma maneira
espero que a morte me sirva
de forma abrupta
quase apagada
ela me porá entre os lábios
como quem fuma
só que não queimarei minha cabeça
nem liberarei fumaça
entrarei no seu corpo
até proliferar o esquecimento

Nenhum comentário: