quinta-feira, 30 de julho de 2015

A BALA E A LANÇA

não sei mais entristecer
a alegria é um soco na balança do mundo:
um leão ou uma pessoa,
tantos fazem próprias suas leis;
engulo os ângulos e as retas
de um modo de ver a bala
e a lança do mundo;
não sei mais entristecer
a alegria tem outro cheiro
de leão e pessoas que cheiram mal
à felicidade na balança do mundo



Poema de G.VIEIRA.
Visitem: TODAPALAVRATODA.BLOGSPOT.COM.BR e vocês vão ter o que a poesia é capaz de faz ter

Nenhum comentário: