quarta-feira, 19 de agosto de 2015

DESTROÇOS

pela manhã
recolho os destroços dos sonhos
tento me encontrar
mas sempre me perco de vista

Nenhum comentário: