quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

ENFILEIRADOS

doentes enfileirados
a perder de vista
o sol alcança alguns
com a sombra dos seus raios
se houvesse um mundo perfeito
o sol não existiria
em total escuridão
não precisaríamos ver
doentes enfileirados
a perder de vista

Um comentário:

Touché Lopes disse...

Caro poeta: um belo poema para reflexão. Poemas que fazem pensar são imprescindíveis..Muita gente tem o sol,mas não percebe o que ele ilumina. ..Abraços poéticos