quinta-feira, 12 de maio de 2016

A DOR ATRAVESSOU A NOITE

a dor atravessou meu sono
atravessou a noite
de um lado para o outro
ficou com as pernas de fora
unhas por fazer
solas dos pés sujas
a dor voou com o meu corpo atravessado pendurado
e quando descobriu que não possuía asas
desabou com o meu corpo junto
a dor atravessou o solo
e se alojou no escuro e foi descendo
como se soubesse o que é uma raiz
a dor gerou tronco galhos e frutos
gerou uma sombra
que nenhum sol consegue transpor


Nenhum comentário: