quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

SE EU SAIR COM O LIVRO



sai com um livro na mão
as pessoas acharam estranho
mais estranho seria se fosse uma flor
ou uma árvore sem raiz
ou com a raiz ainda coberta
e todo o meu esforço
para segurar a terra que segura a árvore
cuja raiz escondida teima em não sair
ou eu não sairia
simplesmente abriria o livro dentro
e sairia dali pelo outro caminho

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PERTENCES



tudo que me pertence
brinca de ir embora
leva a sério a brincadeira
e nunca mais volta
tudo que me pertence
brinca de me pertencer

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

CONTRATEMPOS



não tenho nada contra o tempo
nem a favor
meu tempo se esgarça contra o tempo
um tecido sem conserto
pouco vai sobrar com o tempo
aos poucos serei expulso
e mergulharei noutro tempo
sem nunca ter sido